sábado, 20 de abril de 2019

Hoje em LEIRIA





































A estreia em Portugal de uma das bandas de quem o mundo fala. Skrillex e Boys Noize, por exemplo, são alguns dos mais recentes nomes rendidos à música dos IC3peak. O concerto é único no nosso país e acontece no dia 20 de Abril, na Stereogun, em Leiria, num dos episódios do FADEINFESTIVAL 2019 que contará ainda com a prestação dos franceses Daisy Mortem na primeira parte desta dupla russa. 
Mais informação aqui 

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Esta semana na RADAR

























Esteve muito bem a RADAR em transmitir emissões da «Íntima Fracção» ao longo de toda esta semana, às 21:00.
Já agora, fica a sugestão de se transmitirem todas as outras edições que a RADAR emitiu desde Janeiro de 2018, altura em que o programa de Francisco Amaral começou a ser transmitido na estação.

Ouvir aqui

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Boa Rádio à 4ª feira


















07:00/10:00 SBSR – Manhã Autêntica
10:00/12:00 TSF – Forum 
11:00/14:00 RUM – Elisabete Apresentação 
14:00/15:00 RADAR – Álbum de Família 
15:00/17:00 RADAR – Joana Bernardo 
16:00/19:00 Antena1 – Paulo Rocha 
17:00/18:00 Antena2 – Ecos da Ribalta 
19:00/20:00 Antena3 – Prova Oral 
20:00/21:00 Antena2 – Jazz a Dois 
19:00/22:00 SBSR – Arena Lunar 
22:00/23:00 Antena3 – Portugália 
23:00/00:00 Antena2 – A Ronda da Noite 
23:00/00:00 RADAR – Íntima Fracção 
00:00/01:00 Antena1 – Visita Guiada 
00:00/01:00 Antena2 – Raízes 
00:00/02:00 SBSR – Vidro Azul 
01:00/02:00 Antena1 – Alma Lusa 
02:00/05:00 Antena1 – Linha do Horizonte 
05:00/07:00 Antena1 – José Candeias 

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Palavras de há 30 anos na Íntima Fracção

Na comemoração dos 35 anos da «Íntima Fracção», alguns dos textos pertencentes à emissão do quinto aniversário – há trinta anos – no dia 10 de Abril de 1989. A emissão em que Francisco Amaral conta a história da «Íntima Fracção» desde a sua origem até aquela data de viragem para o programa que, depois de cinco anos na Antena1, iria ter uma feliz existência de quase década e meia na TSF.



















Uma voz interior, íntima, que procura ser verdadeira. Talvez a quilha interior que permite o reequilíbrio. O gesto largo de futuro à janela na escuridão da noite. O traço azul no futuro incandescente. A ponte sobre a água tumultuosa. Cinco anos confessadamente tumultuosos. De crenças e descrenças, desilusões, ilusões, lágrimas, amargura, esperança, felicidade, efémero. 

(…)

Um trabalho de encenação radiofónica de apelo ao imaginário do receptor utilizando som, música, textos e silêncio.
Levar ao extremo o risco da manipulação destes elementos. Saber que, voluntariamente, me deslocava sobre a linha limite onde começa o abismo. 

















A partir do início de 1985 e até hoje, o interesse pelo programa tomou inesperadas facetas. As cartas – nunca solicitadas – chegaram. Falam de paisagens, de amargura, de esperança, de ressonâncias. Muito poucas se dirigem à pessoa que concebe e concretiza as emissões. Escrevem para quem lhes está próximo. Não eu, mas a minha voz. Não eu, mas as palavras que digo. Não eu, mas essa outra porção de sonho que é a realidade à distância de um gesto. 



















Sê de novo semelhante a essa árvore que amas, com a sua larga ramagem, silenciosa, atenta, suspensa por sobre o mar. Onde cessa a solidão, começa a praça pública. E onde esta começa, começa também o vozear dos grandes comediantes e o zumbido das moscas venenosas. No mundo, as melhores coisas, só são apreciadas quando surge alguém para as colocar em cena. Só a esses chama a multidão de grandes homens. A multidão não tem sentido do grande, do que seja criador, mas é sensível aos actores e aos que põem em cena as grandes causas. O mundo gira em torno dos inventores de valores novos, em invisível movimento, mas à volta dos comediantes é a multidão e a glória que gravitam. 



















Falar, dizer-vos qualquer coisa, quebrar o fino gelo da distância… agitar o morno ar da intimidade… Não!
Espreitar apenas por entre os sons, cuidadosamente, o suficiente para vos surpreender, revelando-me.
Parece que tudo se foi preparando meticulosamente, dia após dia, ano após ano, com um rigor e um determinismo só esperado para a imagem definida milímetro a milímetro quadrado. Esta nostalgia do inacessível… do que permanece oculto para além da existência. 

















A solidão opera como a sombra em certas raízes. Nelas afluem tanto o calor dos ares constelados como o hábito das nascentes e o correr dos ventos que, doutro modo, destruíam o que só subterrâneo e fundo se pode criar. 

(…)

Afirmo o primeiro encontro na sua diferença. Quero o seu regresso, não a sua repetição. Digo ao outro, velho ou novo, recomecemos? 

(…)

Seria muito cruel ficar por aqui? Será demasiado lembrar-vos o poder de suspender o som com um simples gesto? 
O Silêncio… tão penoso e tão fascinante como a superfície branca para quem desenha.
Há sempre, porém, um novo traço. 



















Quando a exaltação morreu, fiquei reduzido à mais simples filosofia: a da resistência... dimensão natural das verdadeiras fadigas. Sofro sem me acomodar, persisto sem me aguerrir. Sempre perdido, nunca desencorajado. 

(…)

Assim é a vida… cair sete vezes, e levantar-se oito. 

É quando menos se espera que nos vêm bater à porta, ou fazer a pergunta que nos deixa suspensos. Há uma tendência natural para arrumar no conhecido ou habitual tudo o que novamente vem agitar o tempo. Mas o novo é simultaneamente inevitável. Nunca será encerrável, não pode ser reduzido ou hipnotizado. É o novo que triunfa. Ele é o sentido, a razão, o motivo e a realidade. Há um traço no futuro incandescente. 

(…)

O pedaço de azul por entre as nuvens espreita-me sempre. É por lá que respiro.
O gelo sempre me atraiu. A sua aparente transparência, o reflexo da luz, sempre me enganaram. Esquecido fico do frio e da dor que provoca. 

(…)

É necessário que o traço azul risque o futuro, enquanto ele se mantém incandescente. 


quarta-feira, 10 de abril de 2019

Íntima Fracção 35 anos













Sempre pouco para dizer, muito para escutar, tudo para sentir

Uma primeira história 
Está a partir de hoje disponível pela segunda vez na Internet (a primeira foi há dez anos aqui na «Rádio Crítica» e também no blogue «Irmandade do Éter») a emissão do quinto aniversário da «Íntima Fracção», transmitida em directo na RDP-Antena1 na madrugada de Domingo para Segunda-feira, 09 para 10 de Abril de 1989. Há exactamente trinta anos.
É uma emissão especial, em que o autor de sempre – Francisco Amaral – conta a história da «Íntima Fracção» desde a origem até aquela data.
Sentia-se que era o fim do primeiro dos vários ciclos que a «Íntima Fracção» conheceu ao longo destas três décadas. 
Palavras para escutar com muita atenção para quem segue o programa e que, até hoje, desconhecia a história dos primeiros cinco anos de vida. Boa audição e fruição.

Ouvir aqui

ÍNTIMA FRACÇÃO - emissão do 5º aniversário (10 de Abril 1989)

Alinhamento musical da primeira parte:
Sétima Legião – Mar de Outubro (Indicativo)
Harold Budd – The Room
Tim Buckley – Morning Glory
Brian Eno & Harold Budd – Still Return
Virginia Astley – Out On the Lawn I Lie In Bed
Laurie Anderson – Walking and Falling
This Mortal Coil – Song to the Siren
Tom Verlaine – Oh Foolish Heart
Harold Budd – The Real Dream of Sails
Suzanne Vega – The Queen and the Soldier
autor desconhecido – instrumental solo piano

Alinhamento musical da segunda parte:
Sétima Legião – Mar de Outubro (Indicativo)
This Mortal Coil – Velvet Belly
Cluster & Eno – Schone Hande
This Mortal Coil – Ivy And Neet
John Cale – (I Keep a) Close Watch
Harold Budd – Algebra of Darkness
Suicide – Surrender
autor desconhecido – instrumental 
Aldo Ciccolini – Gymnopedie [Erik Satie]
David Sylvian & Robert Fripp – Camp Fire: Coyote Country
David Sylvian & Robert Fripp – A Bird of Prey Vanishes Towering Trees
Joy Division – Transmission
Mario Lanza – With a Song in My Heart (extracto)
The Smiths – I Know It’s Over
Brian Eno & Harold Budd – Among Fields of Crystal
Durutti Column – Tomorrow
Harold Budd – The Room
Nick Cave & The Bad Seeds – The Carnival Is Over
Charles Trenet – Que Reste-t-il De Nos Amours
The Beatles – A Day in the Life (extracto final)
Sétima Legião – Mar de Outubro (Indicativo)  

terça-feira, 9 de abril de 2019

Íntima Fracção 35 anos











A primeira emissão foi a 8 de Abril de 1984, na Antena1 

Emissão dos 35 anos na RADAR
Ouvir aqui

Pouco para dizer, muito para escutar, tudo para sentir 

O percurso da «Íntima Fracção» teve várias curvas, como se constata pelo caminho que foi tendo na Rádio e em plataformas digitais. Mas não deixa de ser notável a vida de um programa de Rádio que atravessa décadas e várias gerações de ouvintes. 

Cronologia do percurso da «Íntima Fracção»: 
1984 – 1989: RDP-Antena1 
1989 – 2003: TSF-Rádio Notícias 
2004 – 2007: RUC / RUM / ESEC Rádio on-line / Podcast GavezDois 
2007: RCP / Podcast / EMArtv – Andaluzia (Espanha) 
2008 – 2009: EXPRESSO On-line / Podcast 
2010 – 2017: Podcast 
2018: RADAR 

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Hoje em BRAGA





































A Universidade do Minho recebe a partir das 10:15, no auditório B1 do Campus de Gualtar, na Universidade do Minho em Braga, o debate «A Hora da Europa», promovido pela TSF. A iniciativa, de entrada livre, insere-se num conjunto de quatro sessões que a Rádio Notícias está a desenvolver em quatro universidades portuguesas.
Ouvir aqui 

domingo, 7 de abril de 2019

Hoje em LISBOA






































Aula Magna para um grande programa: Concerto para Piano e Orquestra N.º 4 de Rachmaninov – interpretado por António Rosado – e Sinfonia N.º 10 de Schostakovich. À frente da Orquestra Metropolitana de Lisboa estará o maestro Pedro Neves. 

sábado, 6 de abril de 2019

Até 2021















João Paulo Guerra, actual Provedor do Ouvinte do Serviço Público de Radiodifusão, vai exercer segundo mandato, até ao ano 2021.

























Gente Feliz com Rádio 
Para além do anúncio de novo mandato feito pelo próprio jornalista na passada sexta-feira, no programa «Em Nome do Ouvinte», também foi apresentado o relatório do Provedor da Rádio Pública referente ao ano 2018.
Ouvir aqui

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Hoje em LISBOA






































Este fim de semana é marcado pelo regresso dos Artistas Associados da Temporada de Música da Metropolitana 2018/19: Corey Cerovsek, Adrian Brendel e Filipe Pinto-Ribeiro, membros do DSCH-Schostakovich Ensemble, juntam-se aos Solistas da Metropolitana em duas aguardadas Schubertíadas. Neste formato lendário e intimista, levarão ao Teatro Thalia, nos dias 5 e 6 de abril, quatro das mais belas obras de Schubert. 

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Hoje em VISEU















Música da Primavera em tempo de Inverno
Transmissões em directo da cidade de Viriato na Antena2, na 12ª edição do Festival Música da Primavera em Viseu.
O canal público erudito de radiodifusão volta a ser a Rádio oficial do festival e transmite em directo do Teatro Viriato os quatro concertos de dia 10 e 11 deste mês.
Mais informação e Ouvir aqui

terça-feira, 2 de abril de 2019

Dias da Rádio















Lisboa 2020
O Congresso Internacional de Rádio vai realizar-se em Lisboa, entre os dias 29 e 31 de Março. Foi hoje anunciado na Suíça, em Lausanne, cidade onde o evento se realizou este ano.

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Hoje na RADAR
























Homenagem da RADAR a Scott Walker, falecido no dia 22 de Março, aos 76 anos de idade. Passagem na íntegra do terceiro álbum do músico, cantor e compositor norte-americano, naturalizado inglês em 1970. O antigo vocalista principal do trio The Walker Brothers, a solo em 1969, no programa «Álbum de Família», com a habitual apresentação, contextualização e realização de Joana Bernardo. Um grande disco num magnífico programa de Rádio.

RADAR 
2ª feira às 23:00 
Ouvir aqui 

domingo, 31 de março de 2019

Boa Rádio ao Domingo

















07:00/09:00 Antena2 – Sol Maior
09:00/10:00 Antena2 – Café Plaza
10:00/11:00 Antena2 – O Ar do Tempo
11:00/12:00 SBSR – Ponto de Fuga
12:00/13:00 RADAR – Álbum de Família
13:00/14:00 Antena2 – Coreto
14:00/15:00 Antena1 – Viva a Música
15:00/15:30 TSF – Tubo de Ensaio
15:00/17:00 SBSR – Espuma
16:00/18:00 Antena2 – Música Aeterna
17:00/18:00 RADAR – A Hora do Bolo
18:00/18:30 RADAR – Comércio Livre
18:00/22:00 Antena2 – Mezza Voce
19:00/20:00 SBSR – A Hora da Loira
20:00/21:00 RADAR – Radarzine
22:00/23:00 Antena3 – A Profecia do Duque
22:00/23:00 SBSR – A Floresta Encantada
23:00/01:00 SBSR – Vidro Azul
00:00/01:00 RADAR – Íntima Fracção
01:00/02:00 Antena2 – Música Contemporânea
02:00/03:00 Antena2 – Olhar a Lua

sábado, 30 de março de 2019

Hoje em LISBOA






































Enrico Onofri regressa aos concertos na direcção da Orquestra Metropolitana de Lisboa com La Stravaganza, um programa com obras de Vivaldi, Bach e Mozart. No sábado, às 21:00 na Sala de Conferências do Museu Nacional de Arte Antiga. 

sexta-feira, 29 de março de 2019

Chegou o Verão

























Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Portugal está a registar temperaturas do ar acima da média para esta altura do ano. Nas alturas das antenas da Rádio está, a partir de hoje o novo álbum dos Gift, editado nesta sexta-feira. É com esta oferta da banda de Alcobaça que chega mais uma mudança da hora de Verão, na noite de Sábado para Domingo. Menos uma hora de sono, mais uma hora de luz na tarde da Primavera.
Não faltará este «Verão» 2019 nos 40 anos da Rádio Comercial, nos 31 da TSF, nos 32 da RFM, nos 84 da Antena1, nos 25 da Antena3 e nos 85 da Rádio Renascença.

quinta-feira, 28 de março de 2019

Café Plaza

Finalmente um júri da categoria Rádio da Sociedade Portuguesa de Autores atribuiu o Prémio de Melhor Programa de Rádio a um programa verdadeiramente de autor. Algo que já acontecera em edições anteriores, mas não sempre, chegando mesmo a conceder o galardão a programas de conversa que são de TV, com retransmissão radiofónica. 
Sendo a Rádio constituída por conteúdos diferenciados, talvez fosse mais justo criarem-se diferentes categorias para a atribuição deste prémio, assim como a SPA faz na categoria de Televisão. Criarem-se distinções para melhor programa de Entrevista, Música, Reportagem, Humor e Crónica, por exemplo. 



O programa «Café Plaza» na Rádio Crítica (02 de Fevereiro 2019)
Mais informação aqui 

quarta-feira, 27 de março de 2019

Hoje em LISBOA






















Três programas seleccionados pelo júri da Sociedade Portuguesa de Autores para melhor programa de Rádio do ano 2018.
Os elementos do júri para a categoria de Rádio são João David Nunes, António Sala e Paulo Sérgio Santos.
Gala SPA no Centro Cultural de Belém em Lisboa, com transmissão esta noite em directo na RTP2.

Uma Questão de ADN
De Teresa Dias Mendes
TSF-Rádio Notícias

SOS Vinil
De Miguel Esteves Cardoso
Antena1

Café Plaza
De Germano Campos
Antena2

terça-feira, 26 de março de 2019

Boa Rádio à 3ª feira
















07:00/10:00 SBSR – Manhã Autêntica
10:00/12:00 TSF – Forum
11:00/14:00 RUM – Elisabete Apresentação
14:00/15:00 TSF – A Playlist De
14:00/17:00 RADAR – Joana Bernardo
16:00/19:00 Antena1 – Tarde com Paulo Rocha
19:00/20:00 Antena3 – Prova Oral
19:00/22:00 SBSR – Arena Lunar
20:00/21:00 Antena2 – Jazz a 2
22:00/23:00 Antena3 – Portugália
23:00/00:00 Antena2 – A Ronda da Noite
23:00/00:00 TSF – Começo de Conversa
00:00/01:00 Antena2 – Raízes
01:00/02:00 Antena2 – Música Contemporânea
02:00/05:00 Antena1 – Linha do Horizonte
05:00/07:00 Antena1 – José Candeias 

segunda-feira, 25 de março de 2019

Ao Volante Pela Cidade

Manuel Graça Dias
1953-2019

























Na segunda metade dos anos 90 realizou na TSF um delicioso programa onde, à conversa com um convidado a cada semana, retratava várias zonas da cidade de Lisboa a partir do interior de um carro em andamento. «Ao Volante Pela Cidade» teve depois edição em livro. A banda-sonora do programa consistia, essencialmente, em Jazz vocal. A acompanhá-lo estava o sonoplasta, também já falecido, em Março de 2004, Pedro Jorge Vieira. Igualmente em Março, mas de 2007, o arquitecto Manuel Graça Dias foi convidado do espaço «A Playlist de» na TSF.

Emissão especial em Maio de 2008 do programa «Ao Volante Pela Cidade», a propósito dos dez anos da Expo 98.
Ouvir aqui

domingo, 24 de março de 2019

Hoje em LISBOA






































A Metropolitana e o Centro Cultural de Belém propõem uma viagem pela obra de António Pinho Vargas: a estreia da sinfonia (subjectiva) e a apresentação de Six Portraits of Pain, com exibição simultânea de um filme da realizadora Teresa Villaverde. 

sábado, 23 de março de 2019

Boa Rádio ao Sábado

























06:00/07:00 Antena1 – O Povo Que Volta a Cantar 
07:00/09:00 Antena2 – Sol Maior 
09:00/10:00 Antena2 – Café Plaza 
10:00/12:00 Antena1 – Encontros Imediatos 
12:00/13:00 TSF – O Estado do Sítio 
12:00/13:00 Antena3 – Coyote 
12:00/14:00 Antena2 – Música Aeterna 
13:00/14:00 Antena3 – Domínio Público 
14:00/15:30 Antena2 – O Tempo e a Música 
14:00/15:00 TSF - A Circulatura do Quadrado 
15:00/16:00 TSF – A Playlist De 
15:30/16:00 Antena2 – Páginas de Português 
16:00/18:00 Antena2 – A Força das Coisas 
18:00/19:00 Antena1 – Cinemax 
18:00/22:00 Antena2 – Mezza Voce 
22:00/23:00 Antena2 – Caleidoscópio 
23:00/00:00 Antena2 – Argonauta 
00:00/01:00 Antena2 – A Fuga da Arte 
00:00/01:00 SBSR – Em Transe 
00:00/02:00 Antena1 – Costa a Costa 
02:00/03:00 Antena2 – Olhar a Lua 

quinta-feira, 21 de março de 2019

Hoje na Antena2

Dia Mundial da POESIA 















A única estação de Rádio nacional que transmite Poesia nas suas emissões diárias dedica hoje o dia à transmissão de poemas ditos por personalidades da casa, reforçando a antena na celebração do Dia Mundial da Poesia, juntamente com o Dia Europeu da Música Antiga.
Mais informação e ouvir aqui

quarta-feira, 20 de março de 2019

Hoje na RADAR

























O segundo álbum de estúdio a solo de John Lennon, depois da dissolução dos Beatles em 1970. No ano seguinte «Imagine» tornou-se no disco mais icónico de Lennon e o mais bem sucedido em termos comerciais. Dele brota o tema título, uma canção de índole pacifista que atravessou gerações, até aos dias de hoje. Actualmente ainda passa na Rádio.
Hoje passa na íntegra no programa «Álbum de Família», com a habitual contextualização e apresentação de Joana Bernardo.

Álbum de Família
RADAR 
4ªfeira às 14:00 | Domingo às 12:00 | 2ªfeira às 23:00
Ouvir aqui

sábado, 16 de março de 2019

Hoje em SETÚBAL






































A Sinfonia N.º 45 de Joseph Haydn é música de protesto, um elegante protesto que pretendia convencer o príncipe Nikolaus a não obrigar a orquestra a permanecer mais tempo no Palácio de Eszterháza em 1772, uma estadia que já se prolongava por longos meses e mantinha afastados os músicos das suas famílias. Haydn consentiu em traduzir em música essa insatisfação. No decorrer do último andamento, os músicos terminam sucessivamente a sua parte e retiram-se do palco. No final, não resta ninguém em cena. A Sinfonia do Adeus despede-se, neste caso, de um programa que também inclui obras de Albert Roussel e de Krzysztof Penderecki. Do primeiro, é tocada uma curta suite orquestral de 1929 que ilustra bem os traços mais vincados do seu estilo. São três andamentos que nos conduzem por uma alvorada com o perfume do exotismo espanhol, pelo registo bucólico de uma pastoral e pelo ambiente jocoso dos bailes de máscaras parisienses. Mais recentes, os dois andamentos da Serenata de Pendereckiforam compostos separadamente, em 1996 e 1997. Resultam da peculiar combinação entre expressividade pós-romântica e sonoridades modernistas, traço característico do estilo deste compositor polaco. 

K. Penderecki –  Serenata para Orquestra de Cordas 
A. Roussel – Petite suite, Op. 39 
J. Haydn – Sinfonia N.º 45, Sinfonia do Adeus 

sexta-feira, 15 de março de 2019

Hoje em AVEIRO






































Dois Retratos Imaginários de Pedro Amaral, uma obra em estreia nacional de Beat Furrer – Nero su Nero –, a brilhante 4.ª Sinfonia de Gustav Mahler, a soprano Alexandra Bernardo e a Orquestra Metropolitana de Lisboa dirigida por Reinaldo Guerreiro. 

quinta-feira, 7 de março de 2019

Hoje em LISBOA














Luís Caetano, autor dos seguintes espaços na Antena2:

A Força das Coisas - sábados, das 16h às 18h (desde 2003)
A Ronda da Noite - de 2ª a 6ª, às 23h e 4h (desde 2013)
A Vida Breve - de 2ª a 6ª, às 10h50min e 16h50min (desde 2013)
Última Edição - de 2ª a 6ª, às 19h45min e 23h45min
O Som Que Os Versos Fazem ao Abrir (com Ana Luísa Amaral) - 4ªs, às 12h30min e 18h30min
A Força do Destino (com Nélida Piñon) - 2ªs, às 14h20min
No Interior da Cultura - 6ªs, às 14h20min 

Também na Antena2, co-apresenta:
Jazz a Dois, com Maria Alexandra Corvela, de 2.ª a 6.ª, às 20h
A Grande Ilusão, com Inês Lourenço, 5.ªs, às 12h30min e 18h30min 

Luís Caetano, Prémio de Jornalismo Cultural da SPA, a ser-lhe entregue esta 5.ª feira, às seis e meia da tarde, no Auditório Maestro Frederico de Freitas da Sociedade Portuguesa de Autores, na Avenida Duque de Loulé, nº 31, em Lisboa.

quarta-feira, 6 de março de 2019

Hoje na RADAR

























Homenagem da RADAR a Mark Hollis, membro fundador, compositor e vocalista dos Talk Talk, falecido há poucos dias.
Passagem na íntegra do terceiro álbum da banda britânica, que ficou principalmente conhecida na primeira metade da década de 80, com vários êxitos nos Tops.
No arranque da segunda parte dos anos oitenta, o grupo muda um pouco o som Synth Pop que o caracterizou nos dois primeiros álbuns, deixando mesmo assim, uma marca distintiva na história da banda e da Música Pop anglo-saxónica.
Contextualização, realização e apresentação do programa «Álbum de Família» de Joana Bernardo.

Álbum de Família
RADAR
4ª feira às 14:00
Domingo às 12:00
2ª feira às 23:00
Ouvir aqui

terça-feira, 5 de março de 2019

Hoje em LISBOA






































Este ano o maestro Sebastian Perłowski troca o espumante do Réveillon pelas serpentinas de Carnaval. À frente da Orquestra Metropolitana de Lisboa, desafia todos a divertirem-se sem tréguas num corso alegórico levado muito a sério… ou talvez nem tanto! Por ordem: desfilam o camponês da Boémia, Antonín Dvořák, o marido de Clara Schumann - na companhia do ex-recruta Maurice Ravel -, o extraterrestre Niccolò Paganini, a Alta Cozinha de Gioachino Rossini, as tropas a cavalo comandadas por Franz von Suppé, o romântico Hector Berlioz, o terceiro de dezoito filhos do cervejeiro František Smetana, o avô da música russa Mikhail Glinka acompanhado de seu ilustre neto Nikolai Rimsky-Korsakov e, por fim, o especialista em Cancan, Jacques Offenbach. Músicos e assistência, sintam-se convidados a juntar-se à festa em traje de cerimónia. Zorros, bailarinas, unicórnios, melómanos. 

domingo, 3 de março de 2019

Hoje em LISBOA






































Desta vez com a «fantasia musical zoológica», O Carnaval dos Animais, escrita por Camille Saint-Saëns em 1886, então com o simples propósito de entreter os amigos em período de Carnaval. Explica-se assim o tom divertido com que são ilustradas galinhas, cangurus, fósseis... pianistas?! 

sábado, 2 de março de 2019

Ontem em LISBOA

TSF - A Rádio ao vivo e a cores 

















Fotografias de Filipe Amorim/Global Imagens 

Imagens da emissão em directo especial aberta ao público da TSF, no Cinema São Jorge, na celebração do 31º aniversário da Rádio Notícias.
Mais imagens aqui 



TSF-Sons com História









Na celebração dos 31 anos da Rádio Notícias, a TSF, em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos, inaugurou um novo sítio na Internet dedicado aos sons que fizerem história ao longo de três décadas de emissões regulares dedicadas à informação radiofónica em Portugal.















Com uma régua do espectro radiofónico, como se de um transístor analógico se tratasse, percorrem-se os anos desde 1988 até 2018, numa reveladora e expressiva galeria de sons, textos e imagens representativas de cada um dos anos, sobre alguns dos acontecimentos mais importantes que marcaram o país e o mundo.
Um valoroso contributo para a História da radiodifusão nacional no que respeita ao jornalismo mais inovador e moderno feito em Portugal em tempo de Democracia.

Ouvir, ver e ler aqui











Ouvir e ver mais aqui

sexta-feira, 1 de março de 2019

TSF 31 anos











Emissão especial no 31º aniversário da Rádio Notícias 
Emissão em directo na Sala 2 do Cinema São Jorge, em Lisboa

Programação especial:
10:00/12:00 - Forum TSF com Manuel Acácio
12:00/14:00 - Almoço TSF com Nuno Domingues
14:00/15:00 - Concerto de Bolso com Miguel Araújo
15:00/16:00 - Bloco Central com Anselmo Crespo
16:00/17:00 - Estado do Sítio com Ricardo Alexandre
18:00/19:00 - Lançamento do Site Sons da História

TSF-Rádio Notícias
Ouvir aqui 

Hoje na TSF























Emissão especial no 31º aniversário da Rádio Notícias 
Emissão especial em directo e ao vivo ao longo do dia a partir do Cinema São Jorge, em Lisboa.
Mais informação no site da TSF
Ouvir aqui

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Prémio Igrejas Caeiro



















A SPA decidiu atribuir o Prémio Igrejas Caeiro de 2019 ao jornalista, autor e comunicador radiofónico (…) Na madrugada do dia 25 de Abril de 1974, Joaquim Furtado leu aos microfones do Rádio Clube Português o primeiro comunicado do MFA. O prémio é-lhe atribuído quando se comemoram os 45 anos do 25 de Abril. 

SPA 

A cerimónia de entrega está prevista para o próximo dia 2 de Abril, na sede da Sociedade Portuguesa de Autores, em Lisboa.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Hoje na RADAR

























Início da 15ª temporada do programa «Álbum de Família» na RADAR, assinalando a muito recente visita dos britânicos Massive Attack a Lisboa para dois concertos no Campo Pequeno, com a presença da cantora escocesa Elizabeth Fraser dos extintos Cocteau Twins.
Neste segundo disco do colectivo de Bristol, a principal voz convidada foi a da cantora inglesa Tracey Thorn dos Everyting But The Girl. «Protection» foi editado em Setembro de 1994, sucedendo a uma estreia dos Massive Attack muito positivamente aclamada pela crítica musical, num período áureo do chamado "Som de Bristol", de onde provinham outros nomes emblemáticos do estilo urbano-depressivo daquela cidade, como Tricky e os Portishead.
Programa em que o trabalho discográfico é transmitido na íntegra, com a habitual contextualização, realização e apresentação de Joana Bernardo.

Álbum de Família
RADAR
4ª feira às 14:00 | Domingo às 12:00 | 2ª feira às 23:00.
Ouvir aqui

Outros Oscars





































Oscars da Imprensa para Rádio há 51 anos, numa altura em que a Rádio fazia capa de revistas e jornais. 
Outros tempos, em que a Rádio era distinguida com prémios justos para os melhores: Luís Filipe Costa, jornalista do Rádio Clube Português e Pedro Albergaria, um dos realizadores do mítico programa «Em Órbita», também do RCP.  

Fonte da imagem: Luís Pinheiro de Almeida

Afinal não





































Afinal a RFM não transmitiu a cerimónia das estatuetas de Hollywood, prosseguindo durante a madrugada com a emissão regular pré-gravada de playlist
Alguma informação tornada pública dava a entender que a RFM estaria em emissão simultânea com o Canal FOX. Assim não foi e, assim, a noite dos Oscars permanece, há já consideráveis anos, sem transmissão na Rádio em Portugal. 
Quanto à cerimónia em Los Angeles, o filme «Roma» do mexicano Alfonso Cuarón não ganhou o Oscar de Melhor Filme, mas venceu o de Melhor Filme Estrangeiro, entre outras categorias. 

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Hoje na RFM

Sim, na RFM 






































Emissão também em directo na RFM a partir das 23:30

Há anos que a Rádio em Portugal deixou de acompanhar em directo a cerimónia da entrega dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.
Durante mais de uma década a noite dos Óscares foi transmitida pela TSF, em emissões memoráveis, abandonadas em 2005. Depois foi na Antena3 e mais tarde no RCP.
Agora é na improvável RFM.
Ouvir aqui

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Amanhã em Lisboa






































Richard Strauss compôs mais de duzentas. Ao fim das Quatro Últimas Canções, conseguiu um silêncio e uma serenidade de encher o peito. Três das canções têm poemas de Hermann Hesse, vencedor do Prémio Nobel, dois anos antes. 
Em sentido inverso, e do mesmo Strauss, junta-se neste programa uma obra que remonta ao início da sua carreira, no final da década de 1880. O poema sinfónico Macbeth, baseado no drama de Shakespeare, apresenta uma escrita orquestral cheia de vitalidade, imponente, na linhagem de Liszt e Wagner. Contrasta, também aqui, com a mais bucólica das sinfonias de Antonín Dvořák, composta pela mesma altura no coração da Boémia. 

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Rádio é Rádio!



















Houve um despique de opinião em directo na Rádio Pública sobre se a Rádio deve ou não ter imagem.
O assunto veio à baila no programa «Prova Oral» na Antena3, quando um dos convidados da emissão, o humorista Bruno Nogueira, defendeu que a Rádio não deve ter imagem, ao contrário de Fernando Alvim, anfitrião do espaço interactivo, que defende abertamente a imagem em directo na Rádio. Mais tarde no programa, outro humorista, Nuno Markl, juntou-se à conversa e corroborou com o autor de «Tubo de Ensaio».
Semanas mais tarde, Bruno Nogueira no seu espaço diário na TSF, voltou ao assunto e explicou sem rodeios a sua opinião em ser frontalmente contra a Rádio conter imagem.
Rádio é Rádio e, embora entendendo os argumentos de Fernando Alvim, há princípios fundamentais dos quais a Rádio jamais deveria abdicar, sob pena de perder a identidade. Coisa que se tem verificado muito nos últimos tempos, em prol da "imagem".
Ambos os casos para apreciação:

Prova Oral 
Antena3
30 de Janeiro
Ouvir (a partir do minuto 09:05) aqui

Tubo de Ensaio 
TSF
14 de Fevereiro
Ouvir aqui

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

O programa mais antigo da Rádio portuguesa

Transmitido pela primeira vez no dia 21 de Fevereiro de 1966 



























Rádio Renascença (1966-1975)
Rádio Comercial (1983-1993)
Antena1 (desde 1993)

Cinco Minutos de Jazz na «Rádio Crítica»
(21 de Fevereiro 2006);
(21 de Fevereiro 2016);
(21 de Fevereieo 2017).















José Duarte na «Rádio Crítica»:
(21 de Março 2005);
(07 de Janeiro 2013).

Cinco Minutos de Jazz
Antena1
Ouvir aqui