sábado, 29 de dezembro de 2018

Os melhores 30 álbuns do ano

Opinião pessoal de quem ouviu estes álbuns de 2018, mas não todos os que foram editados neste ano. 
À excepção dos primeiros dez aqui apresentados, a ordem de importância dos restantes é aleatória.

























Low - Double Negative 

























Richard Swift - The Hex 



























Marlon Williams - Make Way For Love 


























MGMT - Little Dark Age 

























John Maus - Addendum 

























Dead Can Dance - Dionysus

























Thom Yorke - Suspiria 

























Artic Monkeys - Tranquility Base Hotel + Casino 


























Beach House - 7

























Mitski - Be The Cowboy

Loma – Loma 
Lucy Dacus – Historian 
Daniel Blumberg – Minus 
U.S. Girls – In a Poem Unlimited 
Anna Calvi – Hunter 
Cat Power – The Wanderer 
Matty Tavares – Déjàvu 
Israel Nash – Lifted 
Jim James – Uniform Distortion 
Damien Jurado – The Horizon Just Laughed 
Connan Mockasin – Jassbusters 
Julia Holter – Aviary 
Frankie Cosmos – Vessel 
Gang Gang Dance – Kazuashita 
Courtney Barnett – Tell Me How You Really Feel 
Lauie Anderson & Kronos Quartet – Landfall 
Jon Hassell – Listening To Pictures 
Melody’s Echo Chamber – Bon Voyage 
Spiritualized – And Nothing Hurt 
The Low Anthem – The Salt Doll Went to Measure the Depth of the Sea 
Yuno – Moodie 

Melhor reedição internacional
The Beatles – The Beatles [White Album, 1968] 

























Melhor álbum nacional cantado em português
Glockenwise – Plástico 

















Melhor “cena fora da caixa” do ano em Portugal
Conan Osiris – Adoro Bolos 



Video do ano
MGMT – When You Die



A canção POP internacional do ano 2018
Mitski - Nobody 


sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Boa Rádio portuguesa em 2018





















Antena1 
Cinco Minutos de Jazz
Em Nome do Ouvinte V (programa do provedor da Rádio Pública) 
Visita Guiada 
Costa a Costa
Crónicas da Idade Mídia
O Povo Que Volta a Cantar 
Visão Global 

Antena2 
A Ronda da Noite 
A Força das Coisas 
Argonauta 
A Fuga da Arte
A Grande Ilusão
A Vida Breve 
Antena2 Ciência
Caleidoscópio 
Há 100 anos 
Jazz a 2 
Musica Aeterna 
O Som que os versos fazem ao abrir
Um Certo Olhar (até Julho)
Última Edição 

Antena3 
Prova Oral 
Coyote
A Profecia do Duque 
Sessão da Meia-noite (desde Setembro) 
O Disco Disse 

TSF 
Forum 
A Playlist (dependendo das escolhas musicais da personalidade convidada) 
O Estado do Sítio (desde Maio) 
Zona de Conforto (até Julho) 
Tubo de Ensaio (desde Setembro) 

RADAR 
Íntima Fracção 
Álbum de Família
A Hora do Bolo 
Comércio Livre 

SBSR 
Vidro Azul 
Em Transe 
A Floresta Encantada
A Hora da Loira

Certamente existem mais programas de autor (e outros espaços radiofónicos) que poderiam fazer parte desta selecção, mas não posso pronunciar-me sobre o que não ouvi e não conheço, ou ouvi pouco e conheço mal. 

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Zona de Uma Nota Só



















Na celebração dos 60 anos da Bossa Nova em 2018, a Rádio dedicou uma série de emissões alusivas ao tema e ao aniversário de seis décadas do mais internacional estilo musical cantado em português.
No entanto a série não chegou ao fim, estando primeiramente previsto o seu final para finais de Dezembro deste ano ou, quanto muito, em Junho de 2019, já depois de todas as comemorações, edições especiais e reedições de algumas das obras fundamentais, remasterizadas, revistas e aumentadas. Assim não foi, surgindo um outro desafio, relacionado com a actualidade de uma outra vertente musical. Uma nova vereda com estatuto de irrecusável. 
Apesar da interrupção, o essencial foi feito.
O género musical cantado em português que mais se mundializou está patente na série «Zona de Uma Nota Só», podendo ser ouvida a partir daqui, da Rádio Crítica, ou directamente da página de programas da TSF aqui 

Emissões

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

InSight

Enquanto uma grande parte da Humanidade se está a aniquilar, uma pequena parte da Humanidade sonha, pula e avança. 















Lançada em Maio, a sonda InSight aterrou no dia 26 de Novembro na superfície de Marte. A missão tem como objectivo estudar o subsolo marciano, analisando as várias texturas e composições rochosas. Como todas as missões espaciais, este ramo da actividade científica inclui elevados riscos, sendo um dos maiores a fase de aterragem. Correu na perfeição e pouco depois a InSight enviou as primeiras imagens. 
A notícia foi difundida pela Rádio. Em tempos recentes, a Rádio não se ocupava tanto destes assuntos. Continuando a ser um tema escasso e nada discutido no caudal informativo da Rádio em Portugal, é positivo que actualmente se encontrem notícias sobre os feitos espaciais da Humanidade, em busca de respostas sobre o Universo. 

O destaque actual da informação científica na Rádio portuguesa vai para o programa «Ciência Viva» na Antena2. 
Ouvir aqui

Notícias sobre a sonda InSight na TSF aqui















sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Solstício de Inverno



















O Solstício de Inverno ocorrerá no dia 21 de Dezembro de 2018 às 22:23, marcando o início da estação no Hemisfério Norte (a mais fria apesar da Terra vir a estar o mais perto do Sol a 3 de Janeiro). 
A duração do dia será de 09:27:03 horas, o que é apenas 1 segundo a menos do que no dia seguinte.
O Inverno prolonga-se por 88,98 dias até ao próximo Equinócio, a 20 de Março de 2019. 

Fonte: Observatório Astronómico de Lisboa 

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Hoje em LISBOA






































Uma vez esgotado o concerto de sábado, dia 22 de Dezembro, faremos uma récita extraordinária do Concerto de Natal, dia 20 de Dezembro às 21:00, no Refeitório dos Frades do Mosteiro dos Jerónimos. 
Um concerto composto exclusivamente por obras de Wolfgang Amadeus Mozart com a participação da soprano Sara Braga Simões e da Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida pelo maestro José Eduardo Gomes. 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Hoje em LISBOA






































Hoje, a partir das 21:30, na Igreja de São Pedro em Alcântara, com entrada livre.

domingo, 9 de dezembro de 2018

Hoje em LISBOA






































Em 1887, Rimsky-Korsakov recordou o episódio em que atracou num porto espanhol, ao serviço da Marinha de Guerra. A exuberância do Capricho Espanhol espelha o exotismo desse imaginário distante, mas convincente. Duas décadas mais tarde, o espanhol Manuel de Falla rumou a Paris, onde compôs pequenas peças para piano que evocavam o jardim de Alhambra em Granada, as sonoridades mouriscas do espírito andaluz e a alma festiva dos ciganos de Córdoba. Em 1915 juntou a orquestra ao piano, e resultaram estas suas «impressões sinfónicas». Cruzou-se então com Stravinsky quem, no rescaldo do sucesso do Pássaro de Fogo, continuava a surpreender o público parisiense nos espetáculos dos Ballets Russes. O novo bailado, Petrushka (1911), baseava-se na história de um boneco de palha que se apaixona por uma bailarina. 

domingo, 2 de dezembro de 2018

Hoje no BARREIRO



sábado, 1 de dezembro de 2018

Hoje em LISBOA






































A NINFA DO TEJO de Alessandro Scarlatti 
(Estreia Moderna)

Transporta-nos até à corte de D. João V, o rei que em 1709 desposou Maria Ana de Áustria e que tomou então Itália como principal referência no domínio da música. Na realidade, trata-se de um verdadeiro gesto diplomático, já que resultou de uma encomenda feita pelo inquisidor-mor do reino D. Nuno da Cunha e Ataíde em 1721, ano do conclave que ordenou o Papa Inocêncio XIII, quando o filho daquele mesmo compositor italiano ensinava música à princesa Maria Madalena Bárbara no Paço da Ribeira. Da mesma época, escutamos na primeira parte deste programa dirigido por Enrico Onofri, música de Natal também escrita em Itália – mais festiva do que devocional – e uma das inúmeras suítes orquestrais de Telemann que eram moda nas cortes dos principados germânicos.

CONFERÊNCIA 
DO MUSICÓLOGO LUCA DELLA LIBERA

Transcrição do manuscrito e adaptação do libreto de La Ninfa del Tago.