sábado, 30 de novembro de 2013

Hoje no BARREIRO































http://www.barreirorocks.org/

Hoje em TORRES NOVAS



sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Novo álbum

Canções que (quase) nunca passam na Rádio! 



quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Hoje em LISBOA
































ANTEONTEM
de Paulo Freitas

Nas nossas vidas quotidianas temos constantemente presente a noção de tempo. 
Ou é porque não temos tempo para nada, ou é porque temos tempo a mais, ou é porque a
vida é tão efémera que nem tempo temos para a viver. 
Mas o que aconteceria ao nosso conceito de tempo se este parasse? 
Esta peça parte desse pressuposto: o tempo está parado. 
Parou na manhã do dia 23 de Abril de 1974. 
O que aconteceu antes? O que acontecerá depois? 
Dois actores em palco, dois homens, duas facções. 
Um opositor ao Estado Novo e um polícia da DGS - Direcção Geral de Segurança
(antiga PVDE e PIDE) lançam pensamentos ao ar, num momento em que tudo o resto à
sua volta está parado. 
Serão os Homens assim tão diferentes? 
Será que nas duas pontas da corda não haverá semelhanças? Afinal estão ambas lá,
perto da queda.
Num espectáculo intimista, vemos um Portugal sonhado, um Portugal emoldurado em
cabeças que acreditavam nele. 
Onde pára esse Portugal? 


PREÇO ÚNICO: 5€
M/12 anos
Duração aproximada: 90 min.

Encenação: Paulo Freitas. 
Interpretação: José Leite e Paulo Freitas. 
Banda Sonora Original e Interpretação ao vivo: Luís Luís Moreira Ferreira. 
Voz Off: Pedro Pedro Fiuza. 
Desenho de Luz: Eduardo Pousa. 
Cartaz, Fotografia de Cena e Produção: Susana Duarte Freitas. 

teatroineditodoporto.weebly.com 

Teatro Turim, dias 28 e 29 de Novembro às 21h30
Estrada de Benfica, Lisboa.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Perguntas sem resposta





















No dia 15 de Novembro a Selecção Nacional de Futebol recebeu no Estádio da Luz a Selecção da Suécia em jogo da primeira-mão do Play-off de acesso ao campeonato do mundo do próximo ano no Brasil. Durante os três ou quatro dias antecedentes ouviram-se por diversas ocasiões declarações de treinadores e jogadores de ambas as seleccções. Porém, no final do jogo em Lisboa só houve tempo de antena para os "nossos rapazes", que lá ganharam muito a custo, e nem uma palavra vinda dos adversários.
Agora as perguntas:
Portugal jogou sozinho? Só se ouvem os adversários antes do jogo? Depois do jogo a selecção adversária desaparece sem deixar rasto?
O seleccionador sueco começou a falar na sala de imprensa cerca de um minuto depois do seleccionador português e vários jogadores suecos falaram na chamada "zona mista". Na Rádio, nem um som. A primeira vez que se ouviu o treinador sueco na Rádio (num registo curtíssimo) foi mais de três horas depois do encontro ter terminado.
Convém lembrar que em todos (todos!) os principais desafios do campeonato português (+ Taça de Portugal e Taça da Liga) são devidamente escutados na Rádio os intervenientes de ambos os lados antes e depois dos jogos e, não poucas vezes, até ao fim das 24 horas seguintes. Os jogos do Play-off de acesso ao Brasil 2014 são menos importantes? Para a Rádio devem ser. Como diria José Pacheco Pereira no programa «Ponto Contra Ponto» na SIC-Notícias, "mau trabalho, mau trabalho".
Na partida da segunda mão, disputado no passado dia 19, o desafio jogado correu melhor e foi um grande espectáculo de Futebol. Quanto à escuta de reacções do adversário depois da derrota, foi pior ainda. Nem uma palavra, nem um som. Surgiu apenas uma citação de uma declaração que o capitão da Suécia publicou na rede social Twitter. E nada mais.
Mas afinal qual é o critério editorial para estas situações? Se a Suécia tivesse ganho o jogo, ou a passagem ao Mundial, já seriam ouvidos? Tinham que ganhar para serem ouvidos pela Rádio portuguesa?
Dos derrotados não reza a história? Vale tudo para justificar o parcialismo nacional?
São perguntas sem resposta.

Como foi bonita a festa, pá! 
E sendo assim, mais vale rir do que ficar a pensar em deontologias.



segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Vai passar na RÁDIO





















Novo tema de Bruce Springsteen disponibilizado a partir desta segunda-feira. "High Hopes" é o single título de antecipação do próximo álbum de Bruce Springsteen, a ser editado no dia 14 de Janeiro de 2014.
Bons auspícios, altas esperanças!

Bruce Springsteen – “High Hopes” (2013):



High Hopes (2014) alinhamento:

01. High Hopes
02. Harry’s Place
03. American Skin
04. Just Like Fire Would
05. Down In The Hole
06. Heaven’s Wall
07. Frankie Fell In Love
08. This Is Your Sword
09. Hunter Of Invisible Game
10. The Ghost of Tom Joad
11. The Wall
12. Dream Baby Dream

domingo, 24 de novembro de 2013

Rádio para quem quiser

































Está aberto desde hoje e até ao próximo dia 15 de Janeiro de 2014 o concurso ‘Produções Radiofónicas – Estação NET’, que pretende premiar e destacar trabalhos originais e criativos na área da rádio, realizados por jovens universitários e do ensino secundário. Os trabalhos podem versar sobre uma série de formatos, desde informativo/reportagem, musical, humorístico, ficcional, etc., não devem exceder os quatro minutos de duração e devem ser enviado para o email [netstation@ics.uminho.pt].
As três melhores produções radiofónicas irão participar no evento que o Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), da Universidade do Minho, irá dedicar ao Dia Mundial da Rádio, celebrado no dia 13 de Fevereiro de 2014, e o vencedor receberá como prémio um gravador digital.
O concurso procura promover o envolvimento de jovens universitários e estudantes do ensino secundário no universo das produções radiofónicas, incentivando a uma maior escuta da rádio. Esta iniciativa parte do projecto de investigação ‘Estação NET: moldar a rádio para ambiente web’ (PTDC/CCI-COM/122384/2010), em curso no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) da Universidade do Minho. 

A Comissão Organizadora e Comissão de Jurados: 

Madalena Oliveira - Professora e investigadora na Universidade do Minho. 
Luís Santos - Professor e investigador na Universidade do Minho. 
Pedro Portela - Professor e investigador na Universidade do Minho. 
Ana Isabel Reis -Investigadora na Universidade do Minho, Professora da Universidade do Porto.  
Pedro Leal - Jornalista da Rádio Renascença. 
Fábio Ribeiro - Investigador na Universidade do Minho. 

Regulamento completo aqui

sábado, 23 de novembro de 2013

Hoje em LISBOA
































Listen to Me 3
31 de Outubro a 23 de Novembro | Quinta-feira a Sábado, às 21h30
Encenação: Rui Luís Brás
Música: Pedro Bargado
Com: Ana Luisa Luz, Cristina Lopes, Flavia Filipe, Inês Assis, João Canário, Lia Colorado, Miguel Martins, Nuno Miranda, Teresa Franco, Verónio Gomes, Zeca Frazão.

reservas@teatroturim.com 
TEATRO TURIM
Estrada de Benfica nº 723, 1500 Lisboa

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Hoje em ITÁLIA



quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A LUGAR COMUM

e a RÁDIO UNIVERSIDADE DE COIMBRA apresentam:
















SILVA (Br) 

Quinta-feira, 21 de Novembro de 2013 às 21h30m 
Teatro Académico de Gil Vicente COIMBRA 

Decorria o ano de 2010 quando no MySpace surgiu “A Visita”, primeira incursão pelos territórios da MPB de um até aí anónimo Lúcio Souza. Cuidadosamente pontuada por violinos e pela destreza lírica do seu autor, a composição parecia indiciar uma abordagem tradicional da música brasileira, ancorada ao universo buarquiano. 
Porém, o que se lhe seguiu veio dissipar esta ideia, designadamente a edição em 2011 de um EP com a assinatura SILVA. A esta alteração veio a corresponder a adopção de uma nova sonoridade, incorporando agora elementos electrónicos, num registo predominantemente minimalista, que veio retirar à sua escrita a dimensão narrativa. SILVA passou a ser um projecto de pop independente, cujas referências são maioritariamente internacionais e não apenas brasileiras. Prova disso mesmo, o álbum “Claridão”, editado em 2012, encontra-se enredado numa pop leve e etérea, edificada sobre samples e sintetizadores, sugerindo a proximidade de nomes como James Blake ou Youth Lagoon.  
Vencedor do Prémio Multishow e escolhido pela Associação Paulista de Críticos de Arte como o melhor músico de 2012, SILVA é hoje um nome aclamado junto do público e da imprensa brasileira. Figura relevante de uma nova geração de músicos (Cícero, Bárbara Eugenia, Clarice Falcão) cujo dinamismo e criatividade extravasam o perímetro de fórmulas clássicas como a bossanova ou a MPB. 
Em Portugal pela primeira vez, SILVA actua no próximo dia 21 de Novembro, em Coimbra, no Teatro Académico Gil Vicente, por ocasião da apresentação da Grelha 2013/2014, da Rádio Universidade de Coimbra. 































Com a improvável união da música electrónica e arranjos eruditos, Claridão é, sem dúvida, um dos lançamentos nacionais mais instigantes do ano.
Rolling Stone

EPs sempre me pareceram um prelúdio de que algo grandioso e belo ainda está por vir. Logo, torna-se suspeitável que ao ouvir o primeiro EP do jovem Lúcio da Silva Souza somos directamente obrigados a esperar por alguma obra de imensurável beleza.
Miojo Indie

Uma co-produção RUC e Lugar Comum.

Bilhetes
(à venda no local do espectáculo)

Bilhete normal: € 10,00
Entrada < 25, Estudante, > 65, Grupo + 10, Desempregado, Parcerias, Sócio RUC, Associado Lugar Comum: € 8,00
Grupo + 10 [oferta de dois bilhetes na compra de 10 ingressos]








 




quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Hoje em HAMBURGO



segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A Ronda da Noite



























De Nachtwacht 
Rembrandt Harmenszoon Van Rijn, 1642 

A grande paixão por uma das artes maiores da Humanidade, a Literatura, é o pano de fundo de «A Ronda da Noite». Novo programa diário na Antena2, estreado no passado dia 9 de Setembro – cujo título pega na tela de Rembrandt com o mesmo nome –, vai mais para além da base literária. É um espaço de divulgação e fruição do bom gosto pela Cultura.
“Generique”, tema de Miles Davis no filme «Ascenceur Pour L'Echafaud» (de Louis Malle, 1958), abre e fecha cada emissão.
A primeira parte do programa do programa de Luís Caetano é uma conversa sempre bem temperada com um convidado sobre a obra de que é autor. Com tempo para as perguntas, as respostas e altercações. A saudável antítese do pensamento fracturado que inunda o tempo actual da Rádio.
A Música, quando a há, é referente – não necessariamente e nem sempre – a um dos temas abordados. E seja qual for a música seleccionada, é sempre de primeira água. Serve também de passagem ao assunto que se segue. Normalmente, uma das várias rubricas diárias, quase diárias ou semanais. A saber:

«Semibreve»: Apontamento sobre Música, com assinatura de Andrea Lupi (2ª, 4ª e 6ª feira).
«À Margem»: com assinatura de Inês Forjaz (3ª feira).
«A Grande Ilusão»: Cinema, com destaques, entre outros, da programação na Cinemateca Portuguesa (5ª feira).
«A Vida Breve»: Poesia na noite da Rádio. Poesia por quem a escreve. Recolha das leituras feita pelo autor do programa junto dos poetas e também no arquivo da Rádio e em edições discográficas (2ª a 6ª feira).
«Última Edição»: apontamento diário (2ª a 6ª feira) que já vem do tempo anterior (em anos) à «Ronda da Noite», também assinado pelo autor Luís Caetano. Divulgação de últimas edições livreiras, que tinham lugar a Antena2 após a meia-noite, agora incluídas no alinhamento final de cada emissão.

«A Ronda da Noite» não está dissociada do programa semanal «A Força das Coisas», da lavra do mesmo autor, nas tardes de Sábado na Antena2 e que conta já uma década de vida, completada neste ano de 2013.
«A Ronda da Noite» e «A Força das Coisas» complementam-se e fazem permutas de registos. Não advém nenhum inconveniente dessa parceria. O bem-estar, quando revisto e aumentado, amplia a satisfação e nunca é demais.
Nos tempos mais recentes, por razões várias e nem sempre as mais nobres, o universo de canais da Rádio pública portuguesa tem vindo a perder programas de autor que tinham história e proveito. «A Menina Dança» [Antena1]; «Descobertas», «Questões de Moral», «Matrizes», «Em Sintonia» [Antena2]; «Bons Rapazes» e «Música Enrolada» [Antena3]. Na maioria dos casos, substituídos por espaços menos bem conseguidos, menos originais, ou que, na melhor das hipóteses, ainda não tiveram tempo e atitude pungente necessárias para causarem impacto e fazerem a diferença.
Mas «A Ronda Noite» veio acalentar a esperança de que a noite da Rádio pode salvar-se a si própria. Não está perdida para a Televisão ou para a Internet.
Este novo programa diário da Antena2 tem o dom de suspender o Tempo e provoca o desejo de querer ficar retido nele.
Chegado aqui, apetece – por uns tempos – deixar de escrever sobre Rádio.
Mas a Vida não pára, e o Tempo também não. Todos sabemos isso.

Está feita a ronda. 
A si, obrigado por estar com a Rádio! 
Boa noite. 


«A Ronda da Noite» 
Antena2, de segunda a sexta-feira, das 23:00 às 00:00 (por vezes, uns minutos mais para além da meia-noite). 
Realização de Luís Caetano. 
Produção: Andrea Lupi 

Ouvir aqui 

A Ronda da Noite recebe e divulga escritores, artistas, gente com conhecimento e imaginação, autores de excepção. Mostra o novo mas também recupera memórias e momentos, e sai do estúdio para palcos de criação e fruição. 
Antes do dia acabar, a rádio tem ideias para discutir e histórias para contar. Como num quadro de Rembrandt. 

domingo, 10 de novembro de 2013



sábado, 9 de novembro de 2013

Hoje no BARREIRO














































A pressão, contaminação, alienação e desgaste que as cidades causam no ser humano. Os seus segredos e relações efémeras que se estabelecem entre os seus habitantes. A liberdade perdida da sociedade capitalista. O controlo visível e invisível. As proibições. A perda de tempo. A falta de espaço. O perigo. A solidão. Todos os sinais, memórias e vivências foram matéria viva para a construção de um sentir coletivo traçado por percursos profundamente individuais. Lugares e pessoas comuns para cenas ora banais e quotidianas, ora invulgares e complexas. Um desfilar de momentos solitários, sem passado nem futuro, suspensos num curto tempo de vida em quadros vividos ou imaginados. 

Olga Roriz

Classificação: M/12
Duração: 100 minutos.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Hoje em OLIVEIRA DO HOSPITAL
















Este tributo a que me proponho, com a ajuda do sempre amigo Fritz e o seu Europa Bar, é, acima de tudo, um tributo pessoal, por tudo o que este homem representa para mim, mas resolvi torná-lo público porque sei que muitos amigos e outros tantos melómanos nutrem pelo Lou e pela sua obra o mesmo tipo de sentimentos.
Na sexta, 08 de Novembro, a partir das 22:30, no Europa Bar, vamos todos perceber porque é que a Sally não sabe dançar ou porque é que a Jane foi salva pelo rock'n'roll.
Canções dos Velvet Underground e do Lou Reed a solo vão preencher a quase totalidade da noite. Talvez haja ainda tempo para umas quantas versões que uma carrada de bandas lhe(s) foi fazendo ao longo dos tempos.
Espero por vocês.
Viva o Lou Reed! Sempre!

Luís Antero

EUROPA BAR
Ameal, Edifício Estrela, nº 3400-101 / Oliveira do Hospital.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Hoje em LISBOA



quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Hoje na RADAR





















A poucos dias do regresso dos norte-americanos PIXIES a Portugal, o programa «Álbum de Família» na RADAR debruça-se esta semana sobre um dos álbuns da primeira fase da banda de Black Francis (ainda com Kim Deal), sob o selo da editora independente britânica 4AD.
Agrupamento fundamental na definição de Rock alternativo, na viragem da década de 80 para a década de 90, os PIXIES foram protagonistas de momentos discográficos mais importantes que o álbum «Bossanova» (editado no dia 13 de Agosto de 1990) mas, na verdade, não há discos menores desta banda da cidade de Boston.

Álbum de Família 
Quarta-feira às 14:00
Domingo às 12:00
Segunda-feira às 23:00
RADAR 

Absolutamente inesquecível a actuação dos PIXIES no Coliseu dos Recreios em Lisboa, no dia 13 de Maio de 1991. 

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Faz hoje 40 anos





















Faz hoje 40 anos que foi editado o segundo disco de Bruce Springsteen.
O primeiro havia sido editado em Janeiro do mesmo ano de 1973.
Deste segundo trabalho, com a eterna E Street Band, nasceram clássicos que foram amplamente divulgados na Rádio: "4th of July, Asbury Park (Sandy)" e "Rosalita (Come Out Tonight)".
Está longe de ser o melhor dos melhores trabalhos discográficos do Boss, mas foi a confirmação da revelação aquando do primeiro registo gravado ainda em 1972.
A confirmação do grande talento viria a seguir, em 1975, com o poderosíssimo «Born To Run».

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

TSF-Madeira

Começou a emitir há 16 anos














A TSF-Madeira começou a sua actividade, na cidade do Funchal, no dia 4 de Novembro de 1997, sob a direcção do jornalista Ivo Caldeira.
Actualmente a rádio é dirigida por Ricardo Miguel Oliveira, que também é o Director do «Diário de Notícias da Madeira».

Consultar programação / Ouvir emissão em directo aqui 

domingo, 3 de novembro de 2013

Hoje em MATOSINHOS













Esta noite, no Norte, com um homem do Norte e da RÁDIO.

The Wine Bar
Avenida Serpa Pinto nº 297, 4450-281 
Matosinhos. 

sábado, 2 de novembro de 2013

Hoje em PORTUGAL



sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Hoje em LISBOA





















Na Rádio aqui 

To our neighbors:

What a beautiful fall! Everything shimmering and golden and all that 
incredible soft light. Water surrounding us.
Lou and I have spent a lot of time here in the past few years, and even though we’re city people this is our spiritual home.
Last week I promised Lou to get him out of the hospital and come home to Springs. And we made it!
Lou was a tai chi master and spent his last days here being happy and dazzled by the beauty and power and softness of nature. He died on Sunday morning looking at the trees and doing the famous 21 form of tai chi with just his musician hands moving through the air.
Lou was a prince and a fighter and I know his songs of the pain and beauty in the world will fill many people with the incredible joy he felt for life. Long live the beauty that comes down and through and onto all of us.

— Laurie Anderson

his loving wife and eternal friend 


In: East Hampton Star newspaper, Long Island EUA.