terça-feira, 16 de maio de 2017

Vemos, ouvimos e lemos

Não podemos ignorar 













Estreou em Fevereiro na Antena1 o programa «Sultões do Swing». Da autoria de José Navarro de Andrade, tem o mérito de recuperar para a Rádio pública um importante espólio musical abandonado aquando o fim do programa «A Menina Dança?» que, durante décadas, foi apresentado por José Duarte, se bem que algum desse cancioneiro norte-americano esteja a ser actualmente levado às manhãs de fim-de-semana na Antena2, com o regressado programa (dez anos depois da primeira série) «Café Plaza» de Germano Campos, desde Julho do ano passado.
O demérito está no nome do programa. «Sultões do Swing» foi o nome de um programa na RFM, da autoria de José Maria Corte-Real, nos anos 90, utilizando exactamente o mesmo cenário musical.
Com que necessidade acontece uma coisa destas? É tão difícil assim inventar nomes novos para programas de Rádio, ainda que utilizem a mesma matéria musical? 
A história recente da Rádio em Portugal está pejada de exemplos semelhantes. Alguns casos: 
Existe actualmente um espaço de programação na madrugada na Antena1 chamado «A Linha do Horizonte», o mesmo nome de um programa da autoria de Ricardo Saló na TSF entre finais dos anos 90 e início dos anos 2000. «Janela Indiscreta» foi nome de um programa também de Ricardo Saló na Antena1, nos anos 80, mas na mesma estação de Rádio foi nome de uma crónica diária de Pedro Rolo Duarte sobre blogues na Internet, na primeira década dos anos 2000 e ainda nome de um programa sobre Cinema, apresentado por Mário Augusto na RTP (que mantém-se nos dias de hoje, mas é TV). 
Em Novembro do ano passado a recém-criada SBSR tinha como nome de um programa semanal «Ronda da Noite», de Lara Marques Pereira, quando já existe desde Setembro de 2013 «A Ronda da Noite» de Luís Caetano na Antena2. A SBSR corrigiu algum tempo depois, dando outro nome ao espaço.
Mas não são apenas nomes a serem iguais. Indicativos de programas também. Ainda nos anos 80, o tema "Mar de Outubro" dos Sétima Legião foi indicativo do programa «A Ocidental Praia» de Rui Pego no FM da Rádio Renascença em 1985, mas o mesmo tema já era o indicativo do programa «Íntima Fracção» de Francisco Amaral na Antena1 desde Abril de 1984. O programa «Circuito Fechado» de José Mariño no CMR em 1988 tinha como indicativo «Theme I» dos Clan of Xymox, que já era sub-genérico (associado a um patrocínio) no programa «A Ilha dos Encantos» de Amílcar Fidélis na RFM desde Janeiro de 1987.
Nomes de programas de Rádio vindos de outras áreas artísticas como por exemplo a Pintura, o Cinema ou a Literatura tem sido uma prática eficaz e até saudável, mas nomes de programas de Rádio iguais a outros programas do mesmo meio demonstra, no mínimo, laxismo, preguiça, desconhecimento ou outras coisas mais graves. São demasiadas coincidências para serem apenas coincidências. 

Sultões do Swing 
Antena1 
6ª p/ Sábado às 00:00 
Ouvir aqui 



<< Home